Viagens Gastronômicas

Viagens Gastronômicas : Por que você deve fazer uma

Viagens Gastronômicas : Por que você deve fazer uma

As experiências culinárias estão se tornando cada vez mais importantes quando se viaja. Quantas vezes você tirou fotos do seu prato favorito para compartilhá-lo em suas redes sociais? Ou quantos lugares você lembra graças à sua cozinha, provavelmente muito.

As viagens gastronômicas estão tão na moda agora que se tornaram um modelo de negócios. Para alguns países, como a Espanha, a comida é uma das atrações mais importantes. Mas a comida não é a única chave nas viagens culinárias.

Vamos falar um pouco mais sobre isso.

gastronomia

gastronomia

6 razões pelas quais você deve considerar fazer viagens gastronômicas

1. Você favorecerá os produtores locais

Toda vez que você visita um mercado local, compra não apenas produtos frescos e artesanais, mas também ajuda a economia local. Assim como quando você come em restaurantes que usam produtos locais ou o que eles chamam de “fazenda para mesa”.

Muitos lugares agora têm centros de interpretação para educar o visitante sobre a produção local e a história da economia da região. Visite-os para garantir uma viagem mais sustentável. A satisfação será dupla: ótimos pratos e contribuição para o bem-estar da região.

2. Você viverá experiências únicas

Se você pensa em viagens gastronômicas como visitas a restaurantes chiques, perderá muitas das coisas que podem ser feitas com relação à comida. Por exemplo, visitando mercados e supermercados locais. Comprar comida é uma maneira muito antiga de interação social. Em alguns lugares, as mulheres só podiam sair para fazer compras ou ir à igreja. arquitetura de mercado também é incrível. Lugares como Paris têm mercados fantásticos com séculos de idade.

Pequenas aldeias na Índia, África ou Ásia realizam eventos reais em mercados semanais. Pessoas de toda a região se reúnem para trocar alimentos e outros produtos em seus mercados. Além disso, esses lugares são perfeitos para provar a comida de rua local. Guloseimas que você nunca poderá experimentar em um restaurante ou bar tradicional. Pense em insetos fritos vendidos na Tailândia ou pequenos doces minúsculos em Kyoto, Japão.

3. Você aprenderá mais sobre o país

Muitas viagens gastronômicas incluem aulas de culinária. Você provavelmente pensará que as férias não são feitas para perder tempo cozinhando, mas esses cursos vão além da cozinha. Você entenderá assim que se matricular num deles.

A Colômbia é um país tão orgulhoso de sua gastronomia que faz muitos cursos de culinária para turistas. Se você escolher um, desfrutará de uma experiência multicultural e compartilhará informações sobre seu próprio país enquanto aprende sobre outros. A culinária colombiana, como muitas outras, é cheia de história, então você também aprenderá mais do que apenas uma receita nessas aulas de culinária.

4. Você dará a cada prato o tempo que merece

Uma das coisas que você vai gostar nas viagens gastronômicas é a mudança que ocorre nos horários das refeições. Quando você viaja para experimentar novas formas de cozinhar, tende a esquecer a pressa habitual que acaba comendo fast-food. Você se sentará para saborear cada refeição, valorizará o tempo que levou para fazê-lo e relaxará enquanto come.

O movimento de slow food começou na Itália nos anos 80, em resposta à abertura do McDonald’s perto da Escadaria da Praça de Espanha, em Roma. Hoje você pode ver que felizmente foi seguido em muitos países. Há uma grande diferença entre comer um hambúrguer congelado em apenas alguns minutos e sentar-se para apreciar uma boa vista enquanto saboreia cada prato sem pressa.

5. Você descobrirá paisagens cinematográficas

Obviamente, todo destino gastronômico se tornou famoso por mais razões do que apenas pela comida. Paisagens espetaculares são essenciais para a Toscana, por exemplo. A Itália é muito conhecida por suas massas e pizzas , mas também por muitos monumentos, locais de compras, eventos e assim por diante. As viagens gastronômicas podem começar pelo interesse em comida, mas incluirão muito mais do que bons restaurantes. As especialidades alimentares se desenvolveram ao longo da história e os locais históricos também ajudarão a entender os pratos que você experimenta.

6. Você aprenderá a beber melhor

Os vinhos e licores fazem parte dessas viagens. Ao visitar uma vinha ou um campo de agave, você aprende muito sobre o processo de fazer a boca dos próprios produtores. Mas você também aprende a provar melhor e a ganhar mais experiência em vinhos, tequila, mezcal ou qualquer que seja a produção do local. Além disso, aprender a combinar vinhos e alimentos ajudará você a aproveitar ao máximo cada um deles. E essa é apenas uma das experiências que você obterá ao longo das viagens gastronômicas.

Seja você um fã ferrenho, um chef ou apenas gosta de comer e quer fazer uma viagem diferente, podemos garantir que as viagens gastronômicas fornecerão um conhecimento melhor e mais profundo de cada lugar que você visitar.